//
you're reading...
Discussões

A linguagem da fotografia documental multimídia

A evolução das câmeras digitais, transformadas agora também em câmeras filmadoras, como a Nikon D90, a Canon 5D Mark II e outras que seguiram à elas, trouxeram consigo algumas transformações no processo de produção de imagens. Essas transformações, embora já não tão recentes, não foram completamente compreendidas.

Pensada inicialmente como uma maneira de proporcionar aos fotojornalistas e documentaristas a chance de captar pequenos clips de vídeo , a Canon 5D Mark II, por exemplo, desde seu lançamento, viu expandir-se o campo de seus usos. No fim de semana que antecedeu seu lançamento oficial, o então fotógrafo e diretor de fotografia Vincent Laforet, que teve acesso prévio a uma dessas câmeras, produziu o primeiro vídeo DSRL que mostrava o potencial desse novo equipamento. Ótima performance com altos ISOs, flexibilidade de uso da profundidade de campo, e outras qualidades que transformaram “Reverie”, o vídeo de Laforet, em uma febre na internet, alcançado 2 milhões de visitas apenas na primeira semana de exibição. Embora o vídeo seja de gosto bastante duvidoso, a qualidade das imagens falavam por si.

Era um vídeo produzido com uma câmera fotográfica de cerca de 3 mil dólares, com um sensor de 35 mm (muito maior que o de qualquer outra câmera nessa faixa de preço na época), e que contava com a uma grande variedade de lentes de ótima qualidade. Desde então, as novas DSRLs têm tido os mais diferentes usos em meios variados como a publicidade e mesmo o grande cinema comercial, sem falar na produção independente de vídeo e documentários.

As novas DSRLs impactaram também a produção fotojornalística e documental, embora não como os executivos e engenheiros da Canon e Nikon imaginavam. E sua conjunção com a internet como principal plataforma de difusão de imagens, estão renovando o campo com produções dotadas da usual profundidade de conteúdo, adicionado agora ao desenvolvimento de uma linguagem própria adequada à circulação on line.

Gostaria aqui de destacar apenas dois produtores para exemplificar essa relativamente nova linguagem: a agência VI , formada inicialmente por ex-integrantes da Magnum, e a produtora independente Media Storm.

A nova linguagem promovida pelas produções dos projetos citados é o efeito causado pela fusão de vídeo, still (fotografia) e som. Talvez, mais que a imagem em movimento, a possibilidade de dar voz aos dramas e indivíduos retratados adiciona um elemento a mais de persuasão.

Captura de tela 2013-07-10 às 13.05.53

As possibilidades de consolidação desse tipo de produção como um gênero específico foram reforçadas pelo apoio da Magnum in Motion, um braço da Agência Magnum, que tem difundido esse novo produto. Voltada para produção de conteúdo para plataformas on line sobretudo, como o Media Storm, a Magnum in Motion apresenta um portfólio variado, com conteúdo produzido por fotógrafos extremamente respeitados, o que tem ajudado a imprimir relevância e credibilidade a esse novo tipo de trabalho.

A questão que se pode colocar agora é: até que ponto esse tipo de produção pode ser chamada de fotojornalismo já que a fotografia não é mais o produto exclusivo e único? Bem, esse é um tema que questão gostaria de refletir mais adiante. Em minha visão, a fotografia tem se transformado, cada vez mais, em uma hiper-mídia. E entender esse conceito, talvez seja importante para a compreensão da natureza das transformações em curso.

Captura de tela 2013-06-27 às 02.05.13

Advertisements

About Carlos Henrique R. de Siqueira

sociólogo e historiador, com interesses em fotografia documental, fotojornalismo e produção multimídia. sociologist and historian interested in documentary photography, photojournalism and multimedia.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: